10 – Tectônica de …

10 – EJA1 – A Teoria das Placas Tectônicas

Na aula anterior você verificou que a Teoria da Deriva Continental de Wegener foi substituida pela Teoria das Placas Tectônicas. Segundo essa Teoria ,  a crosta terrestre

Representação das Placas Tectônicas

(litosfera) apresenta grandes fraturas, grandes placas rochosas, com espessura média de 100 quilômetros, que flutuam sobre o magma pastoso, afastando-se ou aproximando-se uma das outras. Por isso recebeu a denominação de Teoria das Placas Tectônicas.

Espessura – As placas tectônicas tem espessura variável, nas regiões oceânicas são mais finas, as espessuras variam entre 10 quilômetros nas dorsais (cordilheira

submarina) , até algumas dezenas de quilômetros. Já nas regiões continentais são mais espessas e podem chegar a 250 quilômetros de espessura.

Consequências – Ao longo de bilhões de anos da história geológica da Terra os movimentos das placas tectônicas que se deslocam sobre o magma superior (parte pastosa) têm contribuido para a modificação contínua da superfície terrestre, um processo geodinâmico que tem como conseqüência a origem das montanhas e bacias geológicas, provocando terremotos, vulcanismo, magmatismo e outros eventos geológicos todos decorrência desses movimentos das placas.

Que Poderosa Energia Moveria Estas Placas ? – A principal explicação para o movimento das placas tectônicas é que em função da desintegração radioativa de átomos que ocorre no interior do planeta gerando o calor, que mantém o magma em estado fluido e um processo denominado correntes de convecção tenderia a levar o magma para a superfície, pressionando as placas , explicando também a origem do vulcões.

Tipos de Movimentos – Esses movimentos dividem-se em três grupos, de acordo com seu direcionamento: limites convergentes, limites divergentes e limites transformantes. Os limites convergentes são zonas de encontro e colisão de placas.

Os limites divergentes é uma condição que causa o afastamento das placas. É o que ocorre entre as Placas Sul America e a Africana, levantando uma montanha no meio do oceano Atlântico.

Os limites transformantes são zonas de deslizamentos de placas uma em relação à outra. Esses deslizamentos podem originar terremotos de grande proporção, como na falha de San Andreas, Califórnia, Estados Unidos.

Principais Placas Tectônicas da Crosta Terrestre – Placa Sul Americana – onde situa-se o Brasil e quase toda a América do Sul. Placa de Nazca, Placa Norte-Americana, Placa Africana, Placa Euro-Asiática, Placa do Pacífico, Placa Indo-Australiana, Placa Antártica.

10 – EJA1 – Ativando o entendimento do texto – Teoria das Placas Tectônicas

1 – Qual a teoria de Wegener sobre os continentes?

2 – A teoria de Wegener foi substituida por outra. Qual ?

3 – O que afirma a Teoria das Placas Tectônicas ?

4 – Descreva as placas tecônicas quanto a espessura.

5 – Quais consequências os movimentos das placas tectônicas causam na superfície terrestre.

6 – Qual a origem e movimento que fornecem energia capaz de causar pressão e deslocamento  das placas ?

7 – Quais os tipos de movimentos das placas tectônicas ?

8 – Explique as diferenças entre limites convergentes e limites divergentes das placas tectônicas.

9 – Relacione as principais placas tectônicas e sobre qual delas situa-se o Brasil.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: